Dia Internacional da Pessoa com Deficiência: 3 de Dezembro

dia internacional

No dia 3 de dezembro, é comemorado o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência. A data foi estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1998, com o objetivo de gerar discussões sobre a situação da pessoa com deficiência, seus direitos e necessidades.

Segundo a ONU, aproximadamente 10% da população mundial vive com algum tipo de deficiência física ou mental. Deste total, cerca de 80% moram em países em desenvolvimento.

No Brasil, de acordo com dados do censo do IBGE 2010, existem 45,6 milhões de indivíduos que se declaram com deficiência, o que corresponde a quase 24% da população total.

Legislação

Apesar dos avanços das políticas de inclusão e de acessibilidade, ainda há muito a ser feito. O desafio é colocar em prática a Lei Brasileira de Inclusão (LBI), também chamada de Estatuto da Pessoa com Deficiência (Lei 13.146/2015), que entrou em vigor em janeiro de 2016. As novidades trazidas pela nova LBI alcançaram, entre outras, as áreas de saúde, tecnologia assistiva, educação, trabalho, assistência social, esporte, previdência e transporte. A lei possui mais de 100 artigos, todos com um objetivo único: promover a igualdade de oportunidades, autonomia e acessibilidade a esse segmento da população brasileira.

Mesmo antes da nova norma, algumas empresas e instituições já estavam em conformidade com a lei, disponibilizando gratuitamente uma ferramenta inovadora, capaz de dar acessibilidade no ambiente digital. Companhias como Renner, Magazine Luiza, BRF, Tok&Stok, Hering, Panvel, o Grupo Educacional Cruzeiro do Sul e a ESTAPAR, além da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida de São Paulo (SMPE) e da Associação Niteroiense dos Deficientes Físicos (Andef), oferecem em seus sites o app eSSENTIAL Accessibility®.  A ferramenta, que se encontra nas versões desktop e Android, funciona como uma cadeira de rodas virtual. A tecnologia foi desenvolvida para que tanto as pessoas com condições extremas, que afetam a sua mobilidade, como as pessoas com baixa visão possam navegar na internet.

Para o Aurélio Pimenta, diretor da eSSENTIAL Accessibility® no Brasil, ter um site inclusivo ao alcance da pessoa com deficiência faz toda a diferença, devido à importância da internet como ferramenta de conexão com o mundo. “Com tecnologias assistivas adaptadas para diferentes necessidades, a pessoa pode derrubar barreiras e realizar atividades como fazer compras, estudar, se capacitar para o mercado de trabalho, entre outras.”

A eSSENTIAL Accessibility® aproxima as empresas das pessoas com deficiência. O Serviço de Compliance em Acessibilidade Web, por exemplo, promove uma adaptação dos sites aos padrões internacionais de acessibilidade e ao Estatuto da Pessoa com Deficiência.

Conheça mais sobre as empresas parceiras da eSSENTIAL Accessibility®, que vem cumprindo o seu papel para promover uma sociedade mais justa, inclusiva e acessível a todos. Acesse: http://bit.ly/2fXdGuT

Fonte: Onu