Acessibilidade web para autonomia de pessoas com mobilidade reduzida

Vetores de um celular, computador e cadeirante sombreado com balões de fala.

É comum considerar acessível um espaço com rampas, elevadores, portas e corredores largos, pensando somente em pessoas com mobilidade reduzida.

Muitas vezes, até mesmo em locais considerados inclusivos, recursos para pessoas com deficiências visuais, auditivas e intelectuais não estão disponíveis.

É fato que o direito de ir e vir está contemplado com oferta de todos os recursos de acessibilidade arquitetônica.

Mas uma construção verdadeiramente acessível tem base no desenho universal, para inclusão de todas as pessoas com ou sem deficiências.

A oferta de acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida também precisa abranger websites em todos os setores públicos e privados.

MOBILIDADE REDUZIDA POR BARREIRAS DE ACESSO

Acessibilidade não é benevolência. E nem deve ser tratada como diferencial competitivo do projeto. Trata-se de direito previsto em lei.

Apesar das legislações vigentes no Brasil, consideradas modernas e abrangentes, a oferta de recursos acessíveis ainda é precária no País.

Nota-se uma carência de conhecimento sobre o tema, quase sempre protelado e esquecido, sem receber atenção e investimento que merece.

Dessa forma, as barreiras impostas pela falta de interesse geram mobilidade reduzida não apenas para quem convive com restrições físicas.

Os impedimentos provocados pela ausência de acessibilidade bloqueiam o exercício pleno da cidadania para todos, independentemente das condições do corpo.

DEFICIÊNCIAS SEVERAS E SUAS CONSEQUÊNCIAS

O Panorama Nacional e Internacional da Produção de Indicadores Sociais, elaborado neste ano pelo IBGE, atualiza os números do Brasil.

Esse estudo considera a quantidade da população brasileira registrada no censo de 2010, mas reavalia as deficiências e suas consequências.

Tem base nos conceitos do Grupo de Washington, do comitê da ONU para promoção dos direitos das pessoas com deficiência.

Destaca a compreensão biopsicossocial, esclarecendo de que maneira a deficiência impede a cidadania plena e o acesso aos direitos básicos.

O relatório do IBGE define que 6,7% da população brasileira têm alguma deficiência severa, seja física, intelectual, auditiva ou visual.

Essa nova quantidade estabelecida não reduz a necessidade de recursos acessíveis em todos níveis sociais, mas modifica a percepção social.

A avaliação mais assertiva torna evidente de que forma pessoas com mobilidade reduzida, por exemplo, podem interagir com a sociedade.

E ressalta porque a acessibilidade, arquitetônica e digital, é fundamental para garantia de direitos de todos os cidadãos no País.

COMPLIANCE EM ACESSIBILIDADE WEB

Os serviços de acessibilidade digital da eSSENTIAL Accessibility ajudam empresas a permanecer em compliance com as orientações da WCAG 2.0.

Nossos testes são feitos por pessoas com deficiência que usam tecnologias assistivas para avaliar websites, APPs, com análise de cada etapa do projeto e sua eficiência.

Aplicamos testes progressivos contínuos que seguem a metodologia W3C para garantir conformidade com os requerimentos de acessibilidade apropriados.

Além disso, alinhamos documentos PDF à diretrizes para garantir conformidade com as recomendações relevantes, e garantimos ainda que áudios e vídeos estejam acessíveis a todos, com legendas, transcrições e audiodescrição.

BROWSER ACESSÍVEL DA ESSENTIAL ACCESSIBILITY

O app para acessibilidade digital eSSENTIAL Accessibility permite navegação livre na internet e uma experiência completa para pessoas com deficiências.

Pessoas que convivem com restrições de diversos tipos precisam das tecnologias oferecidas pela eA para a garantia de sua independência.

Nosso app para acessibilidade digital tem cursor controlado por face tracking, substituição de toque, mouses alternativos e leitor de tela.

Oferecemos ainda cursor ‘easy grid’, clique visual, cursor comandado por voz e até controle de joystick da cadeira de rodas.

É a evolução do app para pessoas com deficiência navegarem na internet ou em redes corporativas com autonomia e segurança.